Evidenciação de Marcas Queiloscópicas com Cloreto de Sódio

Autores

  • Greici Mattiello Universidade da Serra Gaúcha FSG
  • Alexandre Conde Universidade da Serra Gaúcha FSG
  • marília Paulus Universidade da Serra Gaúcha FSG
  • Lucas Bozzetti Pigozzi Universidade da Serra Gaúcha FSG
  • Mariá Cortina Bellan Universidade da Serra Gaúcha FSG
  • Daniel Galafassi Universidade da Serra Gaúcha FSG

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-5141.2023v27n2p143-149

Resumo

O presente trabalho objetivou analisar a viabilidade do uso de Cloreto de Sódio (NaCl) como evidenciador de marcas Queiloscópicas e classificar as características labiais da pesquisada comparando-as com as fotografias dessa. A presente pesquisa foi realizada no Complexo Odontológico do Centro Universitário (FSG) através de convite a um paciente que, através de assinatura de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), aceitou participar da mesma sendo considerado pesquisa do presente estudo. Os lábios da pesquisada foram fotografados com câmera 48Mp de um smartphone após, foram levemente pressionados contra uma taça de plástico negra simulando o ato de beber. Logo em seguida, sobre a região de contato com o lábio, foi depositado o pó de NaCl sobre a superfície da taça. Em seguida, foi feita a foto da evidenciação das marcas labiais latentes que foram fixadas com auxílio de fita adesiva transparente na ficha queiloscópica de Stamm (2014) adaptada.  O confronto foi realizado entre a fotografia dos lábios e a fotografia da evidenciação das marcas labiais latentes da pesquisada utilizando o software Microsoft Paint incluso no sistema operacional Windows. Foi possível identificar 10 pontos coincidentes entre as duas fotografias confrontadas. Os autores concluíram que foi possível o emprego de NaCl como evidenciador de marcas labiais latentes depositadas sobre superfícies inanimadas pretas e, também, foi possível classificar as características labiais da pesquisada. No entanto, o agente evidenciador empregado não permitiu obtenção de quantidade de pontos coincidentes suficientes para poder afirmar se um confronto é positivo ou não.

Palavras-chave: Impressão Labial. Odontologia Legal. Identificação Humana.

 

Abstract

This study aimed to analyze the feasibility of using Sodium Chloride (NaCl) as a marker for Cheiloscopic markings and to classify the labial characteristics of the researched woman by comparing them with her photographs. The present research was carried out at the Dental Complex of the University Center (FSG) through an invitation to a patient who, by signing the Free and Informed Consent Term (TCLE), agreed to participate in the same, being considered researched in the present study. The researched lips were photographed with a 48Mp camera on a smartphone after which they were lightly pressed against a black plastic cup simulating the act of drinking. Soon after, over the region in contact with the lip, NaCl powder was deposited on the cup surface. Then, a photo was taken of the evidence of the latent lip marks, which were fixed with the aid of transparent adhesive tape on the adapted cheiloscopic chart by Stamm (2014). The confrontation was carried out between the photograph of the lips and the photograph of the disclosure of the researched latent lip marks using the Microsoft Paint software included in the Windows operating system. It was possible to identify 10 coincident points between the two confronted photographs. The authors concluded that it was possible to use NaCl as evidence of latent labial marks deposited on black inanimate surfaces, and it was also possible to classify the labial characteristics of the researched woman. However, the evidencing agent employed did not allow obtaining a sufficient number of coincident points to be able to state whether a confrontation is positive or not.

Keywords: Lip Printing. Forensic Dentistry. Human Idetification.

Downloads

Publicado

2023-12-13

Como Citar

MATTIELLO, Greici; CONDE, Alexandre; PAULUS, Marília; BOZZETTI PIGOZZI, Lucas; CORTINA BELLAN, Mariá; GALAFASSI, Daniel. Evidenciação de Marcas Queiloscópicas com Cloreto de Sódio. UNICIÊNCIAS, [S. l.], v. 27, n. 2, p. 143–149, 2023. DOI: 10.17921/1415-5141.2023v27n2p143-149. Disponível em: https://uniciencias.pgsscogna.com.br/uniciencias/article/view/10371. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos