Avaliação In Vitro do Potencial Antimicrobiano de Extratos do Urucum (Bixa orellana L.)

Autores

  • João Portilho Pereira da Silva Junior Universidade Federal do Amazonas
  • Janaina da Costa Nogueira Ufam
  • Waldireny Rocha Gomes Universidade Federal do Amazonas
  • Adriana Dantas Gonzaga de Freitas Universidade Federal do Amazonas - UFAM

DOI:

https://doi.org/10.17921/1415-5141.2023v27n2p130-133

Resumo

A espécie Bixa orellana L., popularmente conhecida como urucum, é utilizada como corante. Embora estudos descrevam propriedades medicinais da Bixa orellana L., ainda há poucos relatos sobre suas propriedades anti-inflamatórias e antimicrobianas, abrindo assim maiores possibilidades de estudos envolvendo essa planta. A investigação da atividade antimicrobiana, em espécies vegetais, se apresenta como uma alternativa a um problema emergente de saúde pública, a resistência microbiana, que vem aumentando, de forma alarmante, por conta do uso indiscriminado de antibióticos pela população. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar o potencial antimicrobiano dos extratos de folhas, cascas e sementes do urucum, a partir de processos de extração de compostos ativos por ultrassom e soxhlet. Os extratos obtidos foram analisados frente a quatro micro-organismos patogênicos Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa e Klebsiella pneumoniae. A avaliação da atividade antimicrobiana ocorreu através do método de difusão em disco em meio Miller Hinton, os discos contendo os extratos vegetais foram depositados sobre as culturas bacterianas previamente inoculadas, o teste foi realizado em triplicata. O principal resultado observado foi o halo de inibição com extratos de folhas para Pseudomonas aeruginosa e Klebsiella pneumoniae, enquanto para os testes com extratos da casca apresentou halo inibitório contra Staphylococcus aureus. Novos testes devem ser realizados para comprovar a atividade antimicrobiana desta espécie.

Palavras-chave: Bixa orellana L. Urucum. Potencial Antimicrobiano. Extratos.

 

Abstract

The species Bixa orellana L. popularly known as annatto, is used as a natural coloring and food coloring. Although studies describe medicinal properties of Bixa orellana, there are still few reports on its anti-inflammatory and antimicrobial properties, thus opening up greater possibilities for studies involving this plant. The investigation of antimicrobial activity in plant species with medicinal potential is an alternative to an emerging public health problem, microbial resistance, which has been increasing alarmingly due to the indiscriminate use of antibiotics by the population. Research in the area of ​​microbiology is necessary in the search for new active compounds, especially those from natural sources that can act to combat these new strains. This research aimed to evaluate the antimicrobial potential of extracts of annatto leaves, bark and seeds based on active compound extraction processes using ultrasound and soxhlet. The extracts obtained were analyzed against four pathogenic microorganisms Staphylococcus aureus, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa and Klebsiella pneumoniae. The evaluation of antimicrobial activity was carried out using the disk diffusion method in Miller Hinton medium, the disks containing the plant extracts were deposited on the previously inoculated bacterial cultures, the test was carried out in triplicate. The main results observed were the inhibition halo with leaf extracts for Pseudomonas aeruginosa and Klebsiella pneumoniae, while tests with bark extracts showed an inhibitory halo against Staphylococcus aureus. New tests must be developed to prove the antimicrobial activity of this species.

Keywords: Bixa orellana L. Annatto. Antimicrobial Potential. Extracts.

Biografia do Autor

João Portilho Pereira da Silva Junior, Universidade Federal do Amazonas

Instituto de Ciências Biológicas - UFAM

Janaina da Costa Nogueira , Ufam

Departamento de Morfologia

Waldireny Rocha Gomes, Universidade Federal do Amazonas

Faculdade de Ciências Farmacêuticas

Downloads

Publicado

2023-12-13

Como Citar

PEREIRA DA SILVA JUNIOR, João Portilho; DA COSTA NOGUEIRA , Janaina; ROCHA GOMES, Waldireny; FREITAS, Adriana Dantas Gonzaga de. Avaliação In Vitro do Potencial Antimicrobiano de Extratos do Urucum (Bixa orellana L.). UNICIÊNCIAS, [S. l.], v. 27, n. 2, p. 130–133, 2023. DOI: 10.17921/1415-5141.2023v27n2p130-133. Disponível em: https://uniciencias.pgsscogna.com.br/uniciencias/article/view/11305. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos