Perfil dos agricultores paranaenses quanto às suas práticas de manejo de pragas e doenças

Autores

  • Kaio Batista Masironi Centro Universitário Filadélfia
  • Nathália Ferreira Pontifícia Universidade Católica
  • Guilherme Renato Gomes Unopar

Resumo

O manejo integrado de pragas (MIP) e doenças (MID) permite maior sustentabilidade na agricultura, incrementos na produtividade, e redução de custos. Objetivou-se descrever o perfil de produtores rurais paranaenses em relação aos manejos empregados para o controle de pragas e doenças, e verificar a opinião dos agricultores sobre à qualidade da extensão rural oferecida a respeito do assunto. Realizou-se pesquisa descritiva, por meio da utilização de um questionário, que foi enviado via Google Forms aos produtores. A seguir, realizou-se a média das respostas obtidas, que foram transformadas em porcentagens e apresentadas em gráficos e tabelas. Obtivemos respostas de 64 produtores rurais. A maioria dos entrevistados realiza o cultivo de soja e milho, e adotam o MIP e MID para o manejo fitossanitário. Tanto no MIP quanto MID, o manejo mais citado foi o químico, e o monitoramento é a ferramenta mais utilizada. Entre os produtores que realizam principalmente o manejo químico, a maioria rotaciona ingredientes ativos. Considerando a segurança na aplicação de agroquímicos, a maioria utiliza equipamentos de proteção individual. A assistência técnica está presente na maioria das propriedades, sendo realizada principalmente por Engenheiros Agrônomos, e tem deixado a maioria dos produtores satisfeitos. Conclui-se que, apesar de a maioria dos participantes do estudo terem classificado como bom/muito bom a transferência de tecnologias por meio da assistência técnica, ainda aparecem dúvidas sobre os conceitos de MIP e MID, visto que o observou-se elevada porcentagem de entrevistados que priorizam o manejo químico, e não consideram todos os alicerces do manejo integrado.

Downloads

Publicado

2024-01-18

Como Citar

MASIRONI, Kaio Batista; FERREIRA, Nathália; GOMES, Guilherme Renato. Perfil dos agricultores paranaenses quanto às suas práticas de manejo de pragas e doenças. UNICIÊNCIAS, [S. l.], v. 27, n. 2, p. 114–121, 2024. Disponível em: https://uniciencias.pgsscogna.com.br/uniciencias/article/view/11905. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos